Blog

Psicologia Positiva é a ciência dos aspectos positivos da vida humana, como felicidade, bem-estar e florescimento. Pode ser resumida pelas palavras de seu fundador, Martin Seligman, como “estudo científico e aplicado do ótimo funcionamento humano [que] visa descobrir e promover os fatores que permitem aos indivíduos e às comunidades prosperar”.

 

Ao longo dos anos, a psicologia enfatizou com mais frequência as falhas dos indivíduos em comparação com seus potenciais. Essa abordagem particular enfoca os potenciais. Não se trata de resolver os problemas, mas está focada na pesquisa daquilo que tornam a vida digna de ser vivida. Em outras palavras, a psicologia positiva não se preocupa com a forma de se transformar, por exemplo, de -8 a -2, mas com a forma de trazer +2 para +8.

 

Esta orientação em psicologia foi estabelecida há cerca de dez anos e é um campo em exponencial desenvolvimento. Sua aspiração é trazer pesquisas empíricas sólidas em áreas como bem-estar, flow, forças pessoais, sabedoria, criatividade, saúde psicológica e características de grupos e instituições positivas.

 

 

 

 

Os três níveis da Psicologia Positiva

 

A ciência da psicologia positiva opera em três níveis diferentes: o nível subjetivo, o nível individual e o nível do grupo.

 

1) O nível subjetivo inclui o estudo de experiências positivas, como alegria, bem-estar, satisfação, contentamento, felicidade, otimismo e flow. Este nível é sobre se sentir bem, ao invés de fazer o bem ou ser uma boa pessoa.

 

2) No próximo nível, o objetivo é identificar os constituintes da “boa vida” e as qualidades pessoais necessárias para ser uma “pessoa boa”, através do estudo de fortalezas e virtudes humanas, mentalidade futura, capacidade de amor, coragem, perseverança, perdão, originalidade, sabedoria, habilidades interpessoais e talentos.

 

3) Finalmente, no nível do grupo ou da comunidade, a ênfase é sobre virtudes civis, responsabilidades sociais, nutrição, altruísmo, civilidade, tolerância, ética do trabalho, instituições positivas e outros fatores que contribuem para o desenvolvimento da cidadania e das comunidades.

 

Qual a importância da Psicologia Positiva?

 

De acordo com psicólogos positivos, durante a maior parte de sua vida, a psicologia geral preocupou-se com os aspectos negativos da vida humana. Alguns focos de interesse em temas como a criatividade, otimismo e sabedoria surgiram, mas estes não foram unidos por nenhuma grande teoria ou por um quadro amplo e abrangente.

 

Este foco negativo não era a intenção original dos primeiros psicólogos, mas ocorreu através de um acidente histórico. Antes da Segunda Guerra Mundial, a psicologia tinha três tarefas: 1) curar doenças mentais; 2) tornar a vida das pessoas mais produtiva e feliz; 3) identificar e criar talentos. No entanto, após a guerra, as duas últimas tarefas se perderam, fazendo o campo se concentrar predominantemente na cura das doenças mentais.

 

Como isso aconteceu? Dado que a psicologia como ciência depende muito do financiamento de órgãos governamentais, não é difícil adivinhar o que aconteceu com os recursos após a Segunda Guerra Mundial. Compreensivelmente, enfrentando uma crise humana em uma escala tão grande, todos os recursos disponíveis foram investidos sobre o aprendizado e tratamento de doenças psicológicas e psicopatologia.

 

É assim que a psicologia como um campo aprendeu a operar dentro de um modelo de doença. Este modelo provou ser muito útil. Martin Seligman destaca as vitórias do modelo da doença, que são, por exemplo, que 14 doenças mentais previamente incuráveis (como depressão, transtorno de personalidade ou ataques de ansiedade) agora podem ser tratadas com sucesso.

 

No entanto, os custos da adoção deste modelo de doença foi uma visão negativa dos psicólogos como "patologistas", levando à incapacidade de abordar a melhoria das vidas normais e a identificação e nutrição de talentos elevados.

 

Apenas para ilustrar, se você dissesse aos seus amigos que você iria ver um psicólogo, qual a resposta mais provável que você obteria? “O que você tem?”. Quão susceptível de ouvir algo ao longo das linhas de: “Ótimo! Você está planejando concentrar-se no auto-aperfeiçoamento?”.

 

Muitos psicólogos admitem que tínhamos pouco conhecimento do que faz com que a vida valha a pena viver ou de como as pessoas normais florescem sob condições normais, em vez de extremas. Na verdade, muitas vezes nós, psicólogos, temos pouco a dizer sobre a vida boa perto aos gurus da autoajuda. Mas não devemos saber melhor?

 

O mundo ocidental cresceu por muito tempo dentro do raciocínio de um modelo exclusivamente de doenças da psicologia. Talvez agora seja o momento de reavaliar o equilíbrio usando recursos de psicologia para aprender sobre vidas normais e seus potenciais, em vez de vidas que precisam de ajuda.

 

Talvez agora seja o momento de reunir conhecimento sobre forças e talentos, empoderamento (em todos os sentidos desta palavra), os melhores meios de auto-aperfeiçoamento, realização de trabalho e relacionamentos e uma ótima arte de vida comum realizada em todos os cantos do planeta. Este é o raciocínio por trás da criação da psicologia positiva.

 

No entanto, a psicologia positiva ainda não é senão psicologia, adotando o mesmo método científico. Ela simplesmente estuda temas diferentes (e muitas vezes muito mais interessantes) e faz perguntas ligeiramente diferentes, como "o que funciona?", em vez de "o que não?" ou "o que é certo com essa pessoa?", em vez de "o que está errado?”

 

Fonte: “What is Positive Psychology” por Positive Psychology UK. Traduzido por psicóloga Tatiana Perez

Ficou curioso? Quer saber mais sobre Psicoogia Positiva?

Entre em contato ou escreva para psicologa@tatianaperez.com.br

 

Please reload

Categorias
Please reload

Psicoterapia

Terapia de família, casal ou individual

Consultório na Zona Sul

(Av. Getúlio Vargas, 1691)

Posts Em Destaque

O que é saúde mental e como você pode cuidar da sua?

1/10
Please reload

Contato

Psicóloga Tatiana Spalding Perez

CRP 07/26032

+55 51 992792559

psicologa@tatianaperez.com.br

Avenida Getúlio Vargas, 1691

Bairro Menino Deus, Porto Alegre, RS

  • YouTube
  • Facebook
  • Instagram
  • LinkedIn
  • SoundCloud - Círculo Branco